Cimeira de Minsk: muita parra, pouca uva

As expectativas face à Cimeira de Minsk, ou melhor, face ao encontro entre os Presidentes da Rússia e da Ucrânia, Vladimir Putin e Petro Poroshenko, eram muito poucas e as longas horas de conversação não foram suficientes para sequer dar início a um sério processo negocial com vista a pôr fim a um conflito que já matou quase 2 500 pessoas.

É de salientar que o Presidente Putin pouco tempo prestou ao conflito armado no leste da Ucrânia, preferindo concentrar-se nas perdas económicas da Rússia se Kiev avançar com o cumprimento do Acordo de Parceria com a União Europeia.

Mais, ele voltou a insistir na tese de que Moscovo nada tem a ver com a guerra civil no país vizinho: “A Rússia não pode falar de condições do cessar de fogo entre Kiev, Donetsk e Lugansk. Isso é um assunto da própria Ucrânia”.

É sabido que milícias pró-russas apenas aceitam dialogar com Kiev na base do reconhecimento da independência da chamada Novorrosyia, enquanto que as autoridades ucranianas consideram os separatistas terroristas e não querem ouvir em federalização do país. Nesta situação, Putin diz-se disposto a apoiar o processo de paz, “se ele começar”.

A julgar pelas declarações dos líderes dos dois países, o único acordo possível foi o de criar uma comissão para estudar a possibilidade do encerramento da fronteira russo-ucraniana de forma a que não entrem armamentos e homens do país vizinho no território ucraniano.

Ora é sabido que se Moscovo realmente quisesse resolver esse problema, ele talvez nem sequer teria surgido, pois os separatistas fazem o que o Kremlin manda.

Catherine Aston, que representava a UE nas conversações, tal como qualquer pessoa minimamente informada, compreende que Putin está a fugir à verdade quando diz que nada tem a ver com a situação no leste do país vizinho e que os 10 militares russos (paraquedistas profissionais bem treinados) capturados na véspera em território ucraniano “apenas se enganaram” quando patrulhavam a fronteira.

A imprensa da oposição russa está repleta de artigos sobre dezenas de soldados russos mortos e feridos nos combates na Ucrânia.

Neste caso, não se trata da opção entre “uma má paz e uma boa guerra”, mas do alastramento de um sério conflito armado no seio da Europa. Mas a posição da UE continua a não ser consolidada, ouvindo-se vozes como a da chanceler alemã, Angela Merkel: “Claro que o povo ucraniano deve ter a possibilidade de escolher o seu caminho, mas isso (as acções ucranianas) não deve prejudicar a Rússia”.


Em Bruxelas parece continuar a existir dúvidas de quem é o agressor e a vítima neste conflito, que se deverá arrastar por muito tempo e não permitir a realização de eleições parlamentares, marcadas para 26 de Outubro.

Então, Moscovo terá mais um argumento para apoiar o separatismo e manter a instabilidade da Ucrânia até que ela se afunde na falência económica.




Publicada por José Milhaze
HOJE, É MAIS UM DIA 27 È CERTO QUE NÃO VAMOS ESQUECER. Queriam, mas não.

È CERTO QUE NÃO VAMOS ESQUECER. Queriam, mas não.

Senhor PROCURADOR DA REPÚBLICA, Senhor Presidente JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS.
Digam-nos:
Quem assassinou CASSULE e KAMULINGUE? Quem matou Manuel Hilberto Ganga? Quem são os mandantes?

José Eduardo dos Santos deve saber. O Sr João Maria Sousa, procurador-geral, também tem de saber. Os Ministros do Interior e o SINSE sabem. Há outros que também sabem.
Querem ou não lhes apresentar à justiça e fazer aquilo que é a vossa obrigação?
Louis Vuitton anuncia no mercado angolano em parceria com a Chocolate

Louis Vuitton já anuncia no mercado angolano em parceria com a Chocolate


A Louis Vuitton, conhecida casa francesa de acessórios de luxo, escolheu a revista angolana Chocolate como parceira para a sua imagem de publicidade no mercado angolano.

Assim, as edições números 81 e 82 da revista, correspondentes aos meses de Julho e Agosto, apresentam os produtos da marca disponíveis internacionalmente. A Chocolate é a mais antiga revista de moda em Angola, contando com sete anos no mercado editorial do país, tendo vindo a afirmar-se como a revista feminina líder no seu segmento, e tendo preenchendo os critérios exigidos pela Louis Vuitton para a publicidade.

A campanha da Louis Vuitton publicitada em Angola conta com a estrela internacional Michelle Williams. Na sua mais recente colecção, a Louis Vuitton recria uma das malas icónicas da marca, a Lockit. A actriz já tinha trabalhado com a marca do monograma LV anteriormente, na campanha Outono Inverno 2013/2014. As novas malas Vuitton poderão ser adquiridas por aproximadamente 3800 dólares.
Contra a Russia a espiral de sanções sem fim

A guerra de sanções entre o mundo ocidental e a Rússia aumenta de intensidade e se o primeiro chama as coisas pelos nomes, a segunda prefere falar em “medidas económicas para defender a sua segurança”.

No passado 28 de Julho, Serguei Lavrov, ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, declarou a propósito das sanções ocidentais: “Não tencionamos agir segundo o princípio do “olho por olho”. Nós temos políticos que apelam a isso. Nós queremos olhar para isso com a cabeça fria. O presidente já disse que não podemos deixar de ter isso em conta, mas não vamos cair em histerias, isso é indigno de um grande país”.

O Kremlin, a fim de evitar dissabores na Organização Mundial do Comércio, já veio dizer que não se trata de sanções económicas, mas de “medidas a que fomos obrigados”. No entanto, essa explicação parece pouco convincente.
A última dose de “medidas económicas para defender a segurança da Rússia”: que proíbe a importação de numerosos produtos alimentares da UE, Estados Unidos, Canadá e Austrália, só não corresponde ao princípio do “olho por olho”, porque a Rússia não tem capacidade de responder exactamente com a mesma moeda.

Este país importa mais de 40% dos alimentos que consome e não será fácil substituí-los por produtos nacionais ou importados de outras regiões. Por exemplo, a lista das proibições não inclui “alimentos infantis”, campo em que a UE tem fortes posições no mercado russo, porque isso iria criar graves problemas às famílias russas, nem azeite, pois a indústria conserveira precisa dele.


Ao que tudo indica, a espiral das sanções irá continuar, sem fim à vista. Ninguém quer fazer figura de fraco, os combates na Ucrânia continuam e a ameaça de Moscovo enviar tropas para o país vizinho continua a ser real, a pretexto de “fins humanitários”.


Publicada por José Milhazes
 | 
Google Translator:      
+++ HOT NEWS +++ HOT NEWS +++ HOT NEWS +++
POLÍTICA
OPINIÃO
SOCIEDADE
ACTUALIDADE
INTERNACIONAL
Angola LNG vai perder vendas de 264 mil milhões Kz até à reabertura
1 Setembro
O DISFARCE INUSITADO DA DITADURA
31 Agosto
Angola: os segredos das empresas de construção chinesas
30 Agosto
JOSE EDUARDO DOS SANTOS LUCRA COM A ESCRAVATURA CHINESA DO JOVEM ANGOLANO
1 Setembro
Putin: "Se eu quiser, ocupo Kiev em duas semanas"
2 Setembro
GOVERNADORES PROVINCIAIS PROMOVE O SULTANISMO ABERTAMENTE.
30 Agosto
O poder Politico Caira na Rua em Luanda horas apos o passamento fisico de Jose Eduardo dos Santos?
31 Agosto
PARTE II - A ORIGEM DA CHAMADA «QUESTÃO DA NAÇÃO LUNDA TCHOKWE 1885 – 1894»
28 Agosto
Polícia Federal descobre que Cubanos usam Diploma falso, nunca se formaram em Medicina
31 Agosto
A doutrina Obama para a política externa
29 Agosto
I Bloco DOS POLITICOS HISTÓRICOS MPLA, UNITA, FNLA E FACÇÕES DE CABINDA
30 Agosto
HAJA CLARIVIDÊNCIA!
30 Agosto
ANGOLA:O ESTADO MENTAL DO NOSSO PRESIDENTE
26 Agosto
Apresentação do livro «BONGA KWENDA - UM COMBATENTE ANGOLANO DA LIBERDADE AFRICANA»
30 Agosto
Médicos removem esqueleto de bebê de dentro da mãe após gravidez de 38 anos
29 Agosto
MOVIMENTO CPLP PELA CIDADANIA COMUNICADO
29 Agosto
São Tomé, ainda andas por aí?
29 Agosto
SEXO DE ACORDO COM O PASTOR KHATHIDE (UGANDA)
30 Agosto
Angola aprova facilitação de vistos com Cabo Verde
29 Agosto
OPOSIÇÃO DENUNCIA PERSISTÊNCIA DE POLÍTICA DE EXCLUSÃO DE NEGROS NA MAURITÂNIA
28 Agosto
15-20Ago14. República das torturas, das milícias e das demolições
29 Agosto
JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS É UM PRODUCTO DA EX-KGB
29 Agosto
PARABÉNS SUA EXCELÊNCIA PRESIDENTE DA REPÚBLICA , Que tu morras, como fizeste ao Cassule, ao Kamulingue, ao Ganga... e a todos que injustamente mataste...
30 Agosto
Vírus Angola passa a risco "moderado a alto" de infeção por Ébola
26 Agosto
CLANDESTINOS: 45 GUINEENSES DETIDOS EM ESPANHA POR TENTATIVA DE IMIGRAÇÃO ILEGAL
26 Agosto
BLOCO DEMOCRÁTICO NÃO ESQUECE E EXIGE JUSTIÇA PARA OS CASOS DE CASSULE, KAMULINGUE E GANGA
28 Agosto
Do dominio da Burguesia nacional ao Internacionalismo Proletário
28 Agosto
Autoridades angolanas ameaçam punir "severamente" imigração ilegal
29 Agosto
COMUNICADO: BLOCO DEMOCRÁTICO RECORDA TALENTOSO MAMUKUENO, CHORA A SUA PERDA E EXIGE QUE SE FAÇA MAIS PELAS ARTES EM ANGOLA
28 Agosto
GANA VAI ACOLHER REUNIÕES DA CEDEAO SOBRE EPIDEMIA DO ÉBOLA
26 Agosto
Impressum